Arquivo da tag: esmalte

Esmalte(s) da semana: Caipirinha e Preto Fosco!

Padrão

Há tempos eu venho querendo arriscar uma cor diferente de esmalte. Algo que fuja totalmente da velha variação rosa-vermelho-vinho que eu uso sempre que falta a criatividade. Até que eu encontrei o Caipirinha, da Hits!

Como dá pra ver na foto, ele é bem daquelas candy colors que eu já falei aqui. O tom de verde lembra o ping-pong de hortelã (alguém ainda lembra desse chiclete?!) e é beeeem cremoso.

Confesso que apesar de achar a cor LINDA, to estranhando um pouco nas mãos.

No mesmo dia, a Mari (minha amiga do trabalho e companheira de manicure) resolveu arriscar o Preto Fosco da Risqué. Lindo, né? Uma boa opção pra quem quer inovar!

O que vocês acharam?

Anúncios

Candy nails

Padrão

O mundo da moda hoje está mais democrático e cada um usa o que quiser, não é? Pois bem, se semana passada a gente mostrou as “super cores” da nova coleção da Colorama, hoje é a vez dos tons pasteis, ou candy colors, como são chamados lá fora. A tendência não é exatamente uma novidade. Há um tempo atrás, a Via Mia lançou uma coleção só de sapatos e bolsas com “cor de chiclete”, os desfiles intenacionais usaram e abusaram de tons menos “nervosos”, mas… foi com a campanha da Louis Vuitton que elas vieram para ficar.

E como o mundo dos esmaltes não perde uma, as marcas gringas como a Orly e a Marvala apostaram na tendência e lançaram suas coleções “Sweet Collection” e “Delicious Colors”. Por aqui, a Risqué lançou a segunda coleção da Penélope Charmosa (tem swatch aqui!) e O Boticário, ainda que meio reticente, acaba de colocar nas lojas novas cores da linha Make B.

Em tempos de neon, até que faz bem unhas mais “calminhas”, não?

Esmalte da semana: Deixa beijar!

Padrão

O Deixa beijar, da Colorama, foi o meu escolhido para passar o Reveillon por razões óbvias! Tem nome melhor do que esse? E vermelho é indispensável na virada!  Ano novo tem que ter paixão, gente. Seja pelo namorado, marido, amigos, pais, família, pelo trabalho e até pela gente mesmo. É, já deu pra perceber que eu sou um pouquinho supersticiosa na virada do ano, mas enfim.


Vamos ao assunto: o Deixa Beijar não é exatamente uma novidade, mas acho que já virou um clássico. É aquele tom de vermelho aberto o suficiente pra ainda ser chamado de vermelho, mas elegante pra ser usado no dia a dia. A cobertura é boa também.
Pra quem vai passar agora nesse período de férias – aliás, pra esse e qualquer outro esmalte – é levar um vidrinho para a viagem e retocar as falhas se for necessário. Não há coisa mais feia que esmalte vermelho  descascando. Mais ou menos como o meu está agora nesse momento em que eu escrevo esse post. Outra dica é depois de três dias passar uma camada de extra brilho! Sempre funciona.

Esmalte da semana: Nude

Padrão

Unha quebrada é sinônimo de cor clarinha. Depois de todas as minhas se desfazerem, tive que  aposentar por uns dias as cores escalafobéticas que eu adoro e escolher uma mais basiquinha: o Nude, da Colorama.

Apesar de achar o nome meio mal-escolhido (nude pra mim é OUTRA coisa), é um dos tons que eu mais gosto, por ser coringa. Dá pra usar em uma entrevista de emprego, uma festa mais arrumadinha, casamento, aniversário de sogra (meu caso!). Clássico, mas sem ter cara de vovó.

Vou lá me entupir de gelatina, recuperar o colágeno perdido, e semana que vem eu volto com um esmalte bapho em unhas a la Zé do Caixão.

Esmalte da semana – Mon Cherry

Padrão

O esmalte veio na Glossy Box há uns meses atrás, mas eu nunca tinha experimentado (eu tenho mais esmalte do que unha e tempo de usar, minha gente!). Até que domingo, sem nada pra fazer, resolvi descobrir qual era o cheiro da tal linha Scented Nail Enamel, da Revlon.

Testei o 335 Mon Cherry, um vermelho bem aberto, como vocês podem ver na foto. Apesar do tom não ser exatamente um dos meus preferidos (gosto mais daqueles puxados para o vinho), a qualidade do esmalte é bem superior às outras marcas mais baratinhas. Ele é mais fácil de aplicar (“escorrega” melhor na unha, digamos assim) e sim, o cheiro é bem agradável e suave.

A linha tem 16 cores e está à venda na Sack’s, por 16,99. Pra comprar clica aqui.

Estranhamente, não encontrei a Mon Cherry para vender na Sack’s. Não sei se é exclusividade Glossy Box, e só está disponível nos EUA. Quem souber de algo do tipo, deixa nos comentários!

Esmalte da semana – Magenta!

Padrão

Comprei o Magente, da Impala por impulso. Depois fiquei pensando porque raios tinha comprado um esmalte cintilante se a gente já tinha saído de 1999 faz tempo. Ele ficou guardadinho na caixa até eu me dar conta que ele era fosco! Sim, a pessoa só foi se dar conta de que ele faz parte da coleção Matte da Impala séculos depois de ter comprado.

Aí, a curiosidade foi maior e eu precisava experimentar e descobrir qual seria o efeito de um esmalte fosco-metalizado nas unhas.

O resultado é esse aí:

A ideia é bem boa mas, olhando de pertinho, dá pra ver que não foi bem executada. O esmalte “abre” assim que é passado na unha, causando um efeito meio craquelado. Maaaas, como para todo problema há uma solução, fuxicando a internet descobri que o segredo é não passar base antes do esmalte, que deve ser aplicado diretamente nas unhas. Quem quiser experimentar, conta a opinião aqui nos comentários!

A coleção, lançada há um tempo, ainda é composta por 5 cores: Vermelho Veludo, Azul Divino, Fendi Queimado e o Magenta.

Esmalte da Semana – Licor!

Padrão

Essa semana resolvi fazer um post sobre os perigos de fazer a própria mão. O pior deles é esse aí, sair com as unhas assim: mal pintadas e borradas! hehehehehe… Favor olhar a foto de longe, mas BEM de longe…

É que essa semana (novamente!) eu não tive tempo/paciência para ir ao salão fazer as unhas e resolvi fazer em casa mesmo. O problema é que a esquerda sai uma beleza e a direita, bem, not so much! Mas a prática leva à perfeição, não é mesmo?

Primeiro porque eu tenho a meta de aprender a me virar sozinha, e isso inclui fazer cabelo, maquiagem e unhas. Segundo, porque eu tenho as cutículas muuuuuito fininhas, e quero parar de tirá-las. Tanto produto bom pra amolecer as cutículas no mercado, porque não aproveitar?

Bom, vamos ao nosso vencedor: LICOR, da Risqué!

Depois de esmaltes azuis, amarelos, rosas, eu queria um mais clássico, como esse vinho.

Risqué cremoso é aquilo que a gente já conhece: cobertura boa e um brilho discreto. Esmalte bom pra quando a gente não quer pensar no assunto.

Semana que vem eu prometo voltar com as unhas feitas decentemente e um esmalte diferente, ok? 😉