Arquivo da tag: cabelo

Black power!

Padrão

Quem nunca se pegou invejando os lindos cachos de Camila Pitanga em Insensato Coração? Os looks de Michelle Obama durante a campanha do marido? O corpo de Halle Berry como Bond Girl? Negras e poderosas, estas mulheres esbanjam sensualidade e chamam a atenção por onde passam. Mas manter a beleza em dia exige cuidados especiais com a pele e o make. E eu – branca azeda, mas super curiosa – corri atrás dos truques e hoje conto um pouco do que descobri.

Pele

Sim, é verdade que as peles negras (no plural mesmo porque elas têm zilhões de tons diferentes!) sofrem menos com o envelhecimento e se mantém firmes por mais tempo. Culpa do colágeno, que essa mulheres têm de sobra. Mas isso não quer dizer que as meninas morenas, mulatas ou negras possam se descuidar e não usar protetor. É péssimo, mas o câncer de pele pode chegar pra todo mundo. Fora isso, é super necessário usar hidratante – pra prevenir aquele aspecto de pele esbranquiçada – e um sabonete adequado todos os dias.

Cabelo

Há quem não goste do volume, há quem não abra mão do black power. Também tem aquelas que amam o cabelo super liso da Beyoncé. O importante mesmo é a hidratação, que deve ser feita pelo menos uma vez por semana com aquele creme super power. No dia a dia, antes de sair de casa, vale passar um leave-in. Mas nunca-jamais-em-tempo-algum saia com o cabelo escorrendo. Também evite o secador muito quente, que arrepia os fios,  e sempre prefira um corte que deixe os fios retos, para dar uma controlada no volume.

Make

Nunca conseguiram me explicar porque logo o Brasil, país da miscigenação, não consegue ter bases adequadas para as meninas negras. Infelizmente, as marcas nacionais ainda têm poucas tonalidades, mas… nada que a internet não resolva! Como em todo make, o segredo do sucesso está em uma pele super bem feita. Não abra mão do primer, do corretivo e da base. Nos olhos, lápis marrom para o dia, preto para a noite. Para criar harmonia, equilibre cores quentes, como o laranja, cobre e dourado, com tons frios, tipo azul, lilás e roxo. Blush pêssego cai muito bem, assim como tons mais fortes nos lábios!

Tem mais dicas? Compartilha aqui nos comentários!

 

Cabelo rico gastando pouco!

Padrão

Minha ideia inicial para este post era fazer um Cabelo de Rycah, como já fiz o de pele. Mas, a verdade é que marcas boas como Kerastase, L’Oreal Professional e Redken estão pela hora da morte. E nós, meras mortais, temos que nos preocupar com outros supérfluos, como comer, pagar o aluguel, a gasolina, etc.

É, minha gente. O post rico vai ficar para depois, mas tudo bem. Se você ainda não desistiu de cuidar dos cabelos mesmo sem poder pagar R$ 60 num tubo de shampoo, eu dou algumas dicas de produtos que super funcionam comigo e são baratinhos, baratinhos.

. Shampoo e Condicionador Élseve, da L’Oreal:

Preço médio: R$ 8
Adoro todos, mas os que mais “se acertaram” comigo foram o Nutri-Gloss e o Volume-Control. Lógico, a linha é enorme, tem mil tipos e só testando dá pra descobrir o que é melhor pra você.

Dica: tudo o que falam sobre o cabelo se acostumar com o shampoo é verdade. Com o tempo, ele deixa de tirar as impurezas e parece que “perde o efeito”. Troque sempre de marca e de tipo também. Já foi época em que só existiam produtos para cabelos secos, oleosos e normais. Vai por mim, você tem bem mais de um tipo, é só descobrir quais.

. Condicionador Tratamento Gloss Intenso, da Koleston:

Preço médio: R$ 14

Esse é um super power condicionador que eu roubo da minha mãe cada vez que ela pinta o cabelo. Ele só é vendido dentro da tintura da Koleston mas, tingindo ou não os seus fios, é um produto que vale super a pena. A embalagem de 58ml rende até 6 aplicações (de acordo com o fabricante, confesso que nunca calculei). Basta deixar por dois minutos no banho mesmo e tirar depois (atenção: não é leave-in!). Deixa o cabelo uma seda só!

. Tratamento nutritivo noturno Élseve, da L’oreal:


Preço médio: R$8

Descobri por acaso essa semana no armário de casa mesmo. Uma daquelas coisas que se compra no impulso e depois esquece. A ideia dele é tratar os cabelos enquanto você dorme. Tem sono melhor do que esse? A embalagem diz “descubra a cada manhã o prazer de tocar em uma matéria incrivelmente sedosa” e eu nem levei muita fé.
No dia seguinte eu fui ver que era isso mesmo. Só fiz o teste de passar nos fios ainda molhados, mas aqui diz que dá pra usar com o cabelo seco também.

Alguém já experimentou alguns desses e não se adaptou? Já experimentou um baratinho que amou? Deixa aqui nos comentários!