Arquivo da tag: Nina Garcia

Novidade: Pinterest

Padrão

Hoje parece que surge uma nova rede social a cada minuto, não é? Uma das mais recentes é o Pinterest, já ouviu falar? Criado em 2010, ele é mais ou menos como aquele seu velho painel de cortiça, ou melhor, é um painel virtual de referências.

Funciona assim: tudo o que você encontra de bacana na internet, pode virar um pin no seu board (quadro) através de um botão no seu navegador. Você seleciona uma imagem e ela vai direto para o seu perfil, onde você pode classificá-la como quiser.

Mais ou menos como aquela agenda gordinha que a gente tinha na adolescência, o Pinterest serve pra guardar tudo o que geralmente a gente guarda em pastinhas no desktop. O bacana disso é que através dele, você pode ter acesso às pastinhas de muita gente bacana!

Selecionei alguns perfis para você começar a se divertir na rede:

Melaniexeinalem: dá vontade de ter tudo o que ela mostra!

GWS Mag: as meninas do GWS sabem usar o Pinterest como ninguém!

Refinery 29: tendências bem explicadinhas.

Perfect Palette: pra quem está pra casar, esse é o perfil ideal!

Mod Cloth: tudo sobre o universo vintage, com referências muito fofas!

Nina Garcia:editora de moda da Marie Claire americana, a Nina Garcia mostra várias novidades das temporadas de moda pelo mundo.

Rachel Zoe: a stylist mostra porque é a queridinhas das celebrities…

E óbvio, o Don’t cry, buy a bag tá lá também! http://pinterest.com/dontcrybuyabag/

Segue a gente! =)

Anúncios

XV Bienal do livro

Padrão

Eu não sei o que os organizadores de evento tem na cabeça pra juntar a XV Bienal do Livro E o Top Fashion Bazar no mesmo mês no Rio, mas eu tenho certeza de que ninguém pensou na minha conta bancária.

Fato é que a Bienal começa hoje, vai até o dia 11 de setembro e é um programão imperdível pra quem gosta de ler. Quem não gosta, faz favor de ir e aprender a gostar porque você não sabe o que tá perdendo.

É longinho, lá no Riocentro, mas ó, eu vou desde criança e juro que vale super a pena. Além de bater perna por aqueles pavilhões enoooooormes (vá de tênis!) atrás dos livros, você ainda pode conhecer os autores que estarão por lá conversando com os leitores.

Esse ano temos a Anne Rice (autora de Entrevista com o Vampiro, que virou filme com o Tom Cruise e o Brad Pitt, lembra?), Hillary Duff (que além de cantar, dançar, e interpretar ainda escreve!), nossas figurinhas carimbadas brazucas Luis Fernando Veríssimo, Martha Medeiros, Ruy Castro, Zuenir Ventura e muitos outros!

Ando um pouco por fora dos lançamentos das editoras, mas bato meu ponto toda semana em várias livrarias perto do trabalho e aos poucos vou montar minha (ENORME!) listinha. Se você precisa de indicações para não se perder no evento, essas sugestões podem ser bacanas!

Se você gosta de moda:

Estes são essenciais na sua prateleira! As 100 + e O Livro Negro de Estilo. Ambos foram escritos pela Nina Garcia (segue a moça no twitter que é bacana!), editora de moda da Marie Claire americana e jurada do Project Runway. Ou seja, ela sabe do que tá falando. O primeiro ela fala sobre as peças essenciais que a mulher deve ter para ter um guarda-roupa incrível, e no segundo, dá dicas para construir seu estilo próprio e fazer dele sua marca registrada. Parece simples, mas nem sempre é.


Se você é fã de chick-lit:

Marian Keyes e Sophia Kinsellla que me desculpem, mas pra mim ninguém é melhor que a Lauren Weisberg. Sim, a autora de O Diabo Veste Prada e Todo mundo que vale a pena conhecer.

Se você já leu os dois e se apaixonou, se jogue no À Caça de Harry Winston e no mais recente, Last Night at Chateau Marmont, sobre o  hotel famoso por suas lendas envolvendo estrelas de Hollywood e do rock’n’roll. Se as histórias citadas são verdadeiras eu não sei, mas ta valendo a leitura mesmo assim. Diz a autora que, mesmo sem dar nomes, os personagens são facilmente identificáveis. (Anna Wintour feelings?)

Se você gosta dos clássicos:

Bati o olho em Aprendi com Jane Austen e imediatamente tive vontade de comprar. Mas, como eu mesma não tinha aprendido nada com ela, resolvi mergulhar nos seus romances primeiro (atenção, gente: só o filme não vale, né?). Corri e comprei a edição de bolsa da L&PM de Orgulho e Preconceito e, até agora, to amando! Aproveita, se empolga, e leia logo os dois.

Se você gosta de thrillers:

Li sobre O Quarto (da Emma Donoghue) no blog do Zeca Camargo e já amei a ideia. É a história de uam criança que foi criada presa em um quarto, como tantas histórias que a gente vê por aí. O Quarto do título é seu mundo inteiro, seu vocabulário limitado mas, sua inteligência não. Como um menino de cinco anos vê o minúsculo mundo que o cerca?

Mais um sobre crianças: Minha irmã, meu amor, da Joyce Carol Oates. Baseado em fatos reais, o livro narrado em primeira pessoa conta a história de Skyler, que teve a irmã brutalmente assassinada aos 6 anos. Nem sempre é fácil ser o sobrevivente de um crime que abalou os Estados Unidos na década de 1990.

Se você gosta de biografias:

Nem a Maison Chanel sabe direito o que é verdade e o que não é na vida de mademoiselle Gabrielle, mas essa nova biografia parece ter certeza. Segundo o livro “Sleeping with the Enemy: Coco Chanel’s Secret War“, a estilista trabalhou para os nazistas durante a Segunda Guerra. Será?

Se você prefere ficar longe das polêmicas, vá de Yves Saint Laurent- A arte da elegância.

Mas lembre-se: Bienal é como uma viagem. Você pode planejar o quanto quiser, mas não tem nada mais divertido do que entrar num estande aleatório e escolher um livro pela capa. Você pode se surpreender!