Arquivo da tag: Truman Capote

Bonequinha de luxo faz 50 anos!

Padrão

Todo mundo se lembra da cena em que Holly, vestida com seu Givenchy,  toma seu café da manhã enquanto olha a vitrine da Tiffany’s. Agora acrescenta na imagem alguns fios de cabelo branco. Pois é!  Hoje o filme Bonequinha de Luxo completa 50 anos!
Se você ainda não viu, te damos cinco motivos para correr até a locadora mais próxima.
1.    A história

Escrito por Truman Capote, Bonequinha de luxo conta a história de Holly Golightly, uma garota de programa nova-iorquina que sonha em se casar com um milionário que lhe dê luxo, riqueza e tudo o que ela encontra na sua loja preferida, a Tiffany’s. Tudo vai indo bem, até que ela conhece seu vizinho Paul Varjak (George Peppard), um escritor pobre, mas muito apaixonado por ela. O que escolher? As joias ou Paul?

2.    Audrey Hepburn

Se dependesse de Capote Audrey não estaria ali. O papel foi escrito originalmente para Marylin Monroe, que só não participou por já estar comprometida com outra produção. Sorte a nossa! Com Marylin, o filme seria outro. Fala sério, com Audrey a gente até demora a perceber que o papel principal é de uma prostituta, não? Pois é, isso se deve à classe e à elegância natural da atriz, ícone de estilo até hoje. Vamos colocar dessa forma, ela já era uma it girl antes mesmo do termo existir!

3.    Figurino


Com um vestido preto Givenchy e um trench coat da Burberry, as pessoas até se esquecem do nome por trás de tudo isso. No caso de Bonequinha de Luxo, é a Edith Head, figurinista top de Hollywood, que fez figurinos de outras ótimas produções como A Malvada, Cinderela em Paris, a Princesa e o Plebeu, Sabrina, Janela Indiscreta, e muitos outros. Pense bem, se Audrey estivesse vestida de vermelho, teríamos um filme totalmente diferente, não?

4.    Moon River

Uma das músicas mais bonitas do cinema americano.

5.    Audrey falando português

Filha de baronesa, Audrey falava muitas línguas: inglês, francês, alemão, espanhol e… português! Pelo menos, no filme. Ao se apaixonar (?) por um latifundiário brasileiro, Holly se apressa em aprender o idioma. O resultado é uma frasezinha sem nexo, mas muito engraçada.

Muuuuito bom! =)

Anúncios