Arquivo mensal: janeiro 2012

Tangerine Tango: a cor de 2012

Padrão

A Pantone já avisou: 2012 será o ano do laranja. Ou melhor, do Tangerine Tango. A cor vai estar presente em roupas, acessórios, maquiagem e onde mais você imaginar.


As celebridades já aderiram, a cor já está nas passarelas e já está dando suas voltinhas nos blogs de street style, dá só uma olhada!

Mas se você faz a linha discreta e acha complicado sair por aí com um tom chamativa, opte por pontos de Tangerine Tango no look ou até na decoração da sua casa.

Anúncios

O menino do pijama listrado

Padrão

Uma das minhas resoluções de ano novo – que eu tento cumprir já tem uns 3 anos – é ver um filme por semana e ler dois livros por mês. Esses dias eu consegui a proeza de ler o livro E ver o filme baseado na obra, riscando os dois da minha listinha. E já sei que O menino do pijama listrado vai ser um dos meus preferidos de 2012!
Comecei pelo livro que tem uma das orelhas mais intrigantes que eu já li. O texto, que geralmente é escrito de modo a introduzir o leitor na história – e assim fazê-lo comprar o livro -, não revelava absolutamente nada. Apenas dizia que o personagem principal era Bruno, um menino de oito anos.


Pra ninguém ficar no escuro, explico brevemente. Bruno mora em Berlim, na época da Segunda Guerra. Filho de um oficial do exército alemão, ele e sua família são transferidos para um lugar, digamos, bem diferente de onde ele cresceu. Lá, ele conhece Shmuel, o tal menino do pijama listrado, que diz o título. É bem difícil explicar o nazismo para uma criança tão pequena, ainda mais sendo ela o filho de um dos homens de confiança de Hitler, mas aos poucos, Bruno vai descobrindo por si só.
Mais não dá pra dizer, senão acaba a graça. Mas vale a pena, se possível, ler o livro e só então ver o filme. Vera Farmiga dá show como Elsa e nem asa Butterfield (o Bruno) fica atrás. Imperdível para ler e ver nas férias!

O Apartamento de Chanel

Padrão

Todo mundo tem curiosidade de saber como é a casa de pessoas que admira, não é verdade? No caso de Coco Chanel a curiosidade é ainda maior, já que o apartamento da Rue Cambon – preservado exatamente como a dona o deixou –  é fechado a visitação pública.
A casa guarda grande parte da personalidade da estilista, e seus detalhes inspiraram muitas de suas criações.
Nem todo mundo tem a honra de entrar ali, mas o site The Coverteur foi lá, tirou várias fotos e mostra pra gente um pouco mais da vida de Chanel.

Alguns detalhes bacanas:

– A icônica escada onde Chanel sentava para assistir os desfiles. Os espelhos permitiam que ela tivesse uma visão completa do ambiente sem ser vista. isto era especialmente importante para observar as reações dos jornalistas e compradores às peças que mostrava em cada coleção.

– Livros em tom de vermelho inspiraram a criação do batom da mesma cor, uma das maiores marcas registradas de Chanel.

– A sala de estar com seus livros,espelhos, lustres de cristal e o mais importante, o sofá desenhado por ela mesma, revestido de camurça. Nesta sala, ela recebia jornalistas e vários amigos ilustres, como Salvador Dalí e Pablo Picassso.

– Laqueadas em preto, as prateleiras lembram as embalagens das makes, também laqueadas com o logo da marca.

– A gaiola que inspirou a campanha do perfume “Coco”, com Vanessa Paradis.

– As caixas douradas são revestidas de ouro em seu interior. Chanel acreditava que o luxo não precisa ser ostentado.

– A poltrona onde a estilista foi fotografada diversas vezes. Atrás, o espelho que inspirou a embalagem do famoso Chanel nº5.

– A camélia, tão importante para a marca. está presente também no revestimento da parede do apartamento.

Fotos: The Coveteur

Estilo Kate Middleton em cinco lições

Padrão

Ela anunciou o noivado usando um modelo Issa, se casou vestindo Alexander McQueen, usa Zara e não tem vergonha de repetir roupa. Semana passada Kate Middleton completou 30 anos e em matéria de estilo (e de como agarrar um príncipe!) tem muita coisa pra ensinar pra gente!

Lição número 1: aposte no clássico.
Depois de Audrey Hepburn, ninguém usa um trench coat como Kate! Scarpins pretos, botas, clutchs e joias discretas também fazem parte do seu look. Cores como preto, cinza, azul-marinho e nude também ajudam a montar um guarda-roupa atemporal. Pode anotar aí!


Lição número 2: pode repetir roupa, sim!
Em um mundo cada vez mais consumista, acho um sinal de inteligência e bom-senso uma princesa aparecer na mídia repetindo roupa. E mais, ela se joga nas fast-fashion sem medo do amanhã. Acho chique, acho digno, acho uma lição ótima para aquelas pessoas que acham que guarda-roupa chique só pode ter Chanel e Dior.


Lição número 3: Entenda seu corpo.
Proporção é tudo e mais um pouco. Conhecer o biótipo é essencial na hora de se vestir. Apesar de bem magra, o que faz Kate parecer elegante é exatamente saber o que lhe cai bem. Saltos, casacos acinturados, comprimento midi, tudo o que ela usa lhe favorece, repara só!


Lição número 4: não pese a mão na maquiagem.
O grande trunfo de kate é ficar linda com pouco. Até no casamento ela optou por fazer sua própria maquiagem. Cabelos meio presos ou soltos dão um ar natural e aquela cara de “nasci assim!”. Mas, para imitar é preciso cuidar muito bem da pele e dos cabelos. #ficaadica


Lição número 5: ouse nos acessórios.
Apesar dos cabelos soltos, a princesa não abre mão de lindos acessórios. Casquetes, fascinators e chapéus incrementam um look básico e dão um ar sofisticado. No Brasil não é assim tão comum, mas sempre há opções bacanas como lenços, arquinhos e presilhas, ideais para quem não quer ousar tanto.

Setlist especial Coachella

Padrão

Essa semana o Coachella, um dos festivais de música mais legais do mundo, liberou o line-up da edição 2012 e já tem todos os ingressos esgotados! Assim como aconteceu com o Lollapalloza, ele também merece um setlist especial, ainda que as atrações não tenham me animado taaaanto assim.
Então, vamos a elas!

1.    Talk Show Host , Radiohead
Fiquei muito tentada a selecionar Creep pra este post. Mas em nome da criatividade, fiquei com Talk Show Host, a música que me apresentou à banda. Sim, da trilha sonora de Romeo + Juliet. Não, eu não tenho vergonha de ter conhecido Radiohead através de um filme da Claire Danes.

2.    Everything goes my way, Metronomy
Foi depois de perder o show do Metronomy no Circo Voador que eu viciei no som da banda. Musiquinhas com cara de domingo de verão pós-praia!

3.    Tighten up, The Black Keys
Devo confessar que não sou grande conhecedora de Black Keys, mas adoro esse clipe!

4.    The Harder they come, Jimmy Cliff
Pra falar a verdade, eu nem sabia que Jimmy Cliff ainda existia. Aqui em casa ele é tipo música de sábado de manhã. Desde pequena (bem pequena) ouço essa música e amo! Aliás, “Querem meu sangue”, a versão em português gravada pelos Titãs também vale a pena!

5.    Hello, Martin Solveig feat. Dragonette
O dueto mais tocado de 2011 vai tocar também no Coachella. Se você ainda não enjoou da música, ouve mais uma vezinha, vai…

Setlist: mashups

Padrão

Tá rolando na internet um videozinho de Anna Julia em ritmo de sertanejo. Há quem chame de mashup, mas não é beeeeem isso! Seguinte, mashup é uma mistura de várias músicas, mais ou menos como um quebra-cabeça. E quando é bem feito, às vezes fica até melhor que a música original.
Pra entender, melhor ouvir! Então, uma listinha dos cinco melhores, aqueles que não saem do meu iPod.

– Rehab de Março (Amy Winehouse Vs. Elis Regina)

– WGSN, Macrotrend


– It’s My Life/ Confessions Part II, Glee

–    DJ Earworm Mashup – United State of Pop 2011 (World Go Boom)

–    Rumor Has It / Someome Like You, Glee